terça-feira, setembro 07, 2010

Livro novo! O soldado que assustou a morte.


Eis aqui o meu terceiro lançamento deste ano: o soldado que assustou a morte (Editora Mundo Mirim). Um conto de fadas russo que recontei e adaptei para versos de cordel. Esta é a segunda adaptação que faço desde que iniciei minha pesquisa com os contos de fadas do leste da Europa - O primeiro foi o húngaro "João Valente" que foi lançado no início do ano e já foi adotado em diversos colégios do Rio, São Paulo e Belo Horizonte.

O soldado que assustou a morte é uma história divertidíssima, onde Ivan, um jovem russo se mete em várias confusões envolvendo ogros, misteriosos viajantes, um saco de estopa encantado e um cálice de cristal que lhe traz um raro poder.

Este é o segundo livro da coleção "Contos de fadas em cordel" da Mundo Mirim e tem um visual muito colorido e caprichado. Eu mesmo o ilustrei e tenho certeza que muito em breve estará fazendo parte do imaginário de meninos e meninas de todo o Brasil.

Ah, sim, e tem mais um detalhe: o livro traz também a história em forma de roteiro de Teatro de Cordel, com instruções e dicas para montarmos uma peça, ou seja, o enredo pode ser encenado em sala de aula ou em casa, com os amigos.

Leia aqui os versos de abertura:

Certa vez, na velha Rússia
Num domingo ensolarado

Pela estrada caminhava

Um rapaz, despreocupado,

Que tinha por nome Ivan
E por profissão soldado.


Eis que, de repente, Ivan,

Numa curva do caminho

Se depara com um mendigo

Malvestido e pobrezinho

A pedir-lhe um pão dormido

E dois dedos do seu vinho...

4 comentários:

Isabel Costa disse...

Este livro ainda não pude ler - afinal acabou de sair do forno do Fábio, está a escaldar - mas adorei o João Valente. Se este for do mesmo género... vai ser o máximo! Vou querer encenar na sala de aula mesmo. Depois deixo aqui o resultado! Continue a inspirar-se, Fábio, e obrigada pela divulgação que faz desta forma de literatura e dos contos do leste europeu.
Abraço, IC

Daniela Fossaluza disse...

Viva! Será que vai virar tapete? Beijocas e parabéns!

LAZ MUNIZ disse...

trabalho lindo!
Parabéns!

Rouxinol do Rinaré disse...

Amigo poeta, Fabio Sombra, quero incluí-lo num projeto de uma coleção de livros de uma editora aqui do Ceará (participarão autores de vários estados e indiquei você, mas preciso que você me mande um e-mail com seus contatos (telefone, e-mail).
Meu e-mail: rouxinoldorinare@gmail.com