segunda-feira, julho 16, 2007

A Figueira do Balbino


Muitos leitores me perguntam de onde eu tiro idéias para escrever meus livros. Bem, algumas referências surgem de casos e conversas que costumo ouvir no interior do Brasil, em minhas pesquisas de folclore. Já outras, foram tiradas de lugares e situações que vivi pessoalmente em minhas férias, passadas na fazenda da minha tia-avó, em Minas Gerais.
Em uma das cenas mais marcantes do livro A Lenda do Violeiro Invejoso, o menino Balbino tem um encontro com um certo homenzinho de terno preto debaixo de uma figueira. Na minha imaginação, aquela figueira é a mesma que conheci na infância, uma árvore gigantesca sobre a qual os moradores da fazenda contavam histórias de mistério e assombrações. A figueira existe até hoje, próxima a uma bifurcação do caminho. E devo confessar que eu morria de medo de passar por ali, cavalgando de volta para casa, altas horas da noite. Ao lado, vocês podem ver uma fotografia recente que tirei da imponente árvore...

Um comentário:

Marcelo disse...

Fella,
Tá bonitão o site. Parabéns!

Rosnelson